quarta-feira, 24 de setembro de 2008

1 ano...

Faz exatamente um ano que você saiu por aquela porta. A primeira sensação: o desespero. Depois o vazio e a dor. A dor lá dentro do peito que parecia que ia me consumir. Aos poucos, bem devagar, a dor foi melhorando. Fui me acostumando com ela. Ela ainda está aqui, menos intensa, mas está. Junto com a dor, veio também a culpa. O que foi que eu fiz? O que eu deixei de fazer? O que eu poderia ter feito diferente? Hoje, a culpa também continua aqui, de forma mais serena, pois entendo meus erros e minhas omissões, de certa forma, sei onde errei, mas sei que foi querendo acertar. E a mágoa, essa continua bem latente. A mágoa de não ter tido chance de tentar consertar o que estava errado. A mágoa por ter sido tão iludida. A mágoa por suas meias palavras e até por suas palavras de carinho e conforto, mesmo nos últimos dias, nos quais, imagino que já sabia o que queria. A minha mágoa é exatamente por isso: eu imagino, porque, no fundo, eu não sei como você chegou a conclusão que não dava mais. Mágoa por não ter divivido comigo. Não posso esquecer também da saudade. Nesse turbilhão de sentimentos, ainda tinha ela. O lado da cama vazio, a cadeira vazia, a casa vazia. A saudade também é minha companheira. Essa, na verdade, acho que será pra sempre. É claro que pra sempre não é todo dia...

Essa postagem, hoje, é especialmente escrita pra Cláudia. Aliás pras Claudias. A Cláudia foi um internauta que deixou um recadinho em minha última postagem dizendo que o marido dela tinha acabado de sair de casa e ela foi pro computador, desesperada, procurar ajuda. Esse blog tem esse intuito também, ajudar quem está passando por esse turbilhão que é a separação. Está fazendo um ano que me separei. E se tem algo que eu posso dizer a que está sofrendo assim é: cuide de você. Cuide muito de você. Hoje posso dizer que estou reconstruindo minha vida, depois te algum tempo com a sensação de que estava no "limbo". Hoje estou serena e tenho esperanças que voltarei a ser feliz. Como eu consegui isso? Cuidando de mim. Não poupe esforços, faça tudo, absolutamente tudo que te faça bem. Malhe, faça ioga, judô, caratê, dança, qualquer atividade física com a qual se sinta bem. Fique perto de quem gosta de você. Separação=rejeição, portanto você precisa sentir que é amada. Reze, reze, ore, medite. Deus está ao seu lado, acredite nisso! E divida sua dor conosco, falar cura!
Beijos carinhosos,
Eri.

7 comentários:

Flavinha disse...

Nossa, Eri... que lindo isso que escreveu!
Me fez lembrar muito uma música do Renato Russo, Por Enquanto, que diz:
Mudaram as estações
E nada mudou
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu
Está tudo assim tão diferente
Se lembra quando a gente
Chegou um dia a acreditar
Que tudo era pra sempre
Sem saber
Que o pra sempre, sempre acaba
Mas nada vai conseguir mudar
O que ficou
Quando penso em alguém
Só penso em você
Aí então estamos bem
Mesmo com tantos motivos
Pra deixar tudo como está
Nem desistir, nem tentar
Agora tanto faz
Estamos indo de volta pra casa

Fica bem... aliás, nos separamos quase na mesma época... eita dor que demora passar...
Bjs

Lala disse...

Sabe tb estou passando por essa situação.
Meu marido me deixou pra viver com uma "amiga" minha no dia 1 de agosto.
Ela se acidentou. Não tinha ninguem no Rio, levei pra casa, cuidei, internei...fiz tudo por ela. E em retribuição ela levou meu marido de brinde...
Tem horas que eu não sei se vou conseguir seguir adiante.É um desespero tão grande, uma sensação de traiçao dupla...uma dor sem tamanho.
E sinto que as pessoas já estão de saco cheio da minha dor. Vá adiante, esqueça...como? é o pai dos meus filhos, vem 3 x por semana para ve-los...
Esse blog foi um achado na minha vida. Posso ler e realmente acreditar que essa dor vai melhorar.
Bjs e obrigada

Janaina disse...

Oi queridas...Entrei nesse blog como no da Flavia também..E foi em uma hora de muita dor...
Lala disse uma coisa que é tão dificil de superar...Que as pessoas estão de saco cheio de lidar com nossa dor.Como é dificil de encontar alguem que nos acolhe e qu nos ajuda a superar...Seiq ue dor é essa..Eu durmo e acordo pensando no que meu ex fez..em me deixar com 2 filhos.Para as pessoas é tão normal né...Mas não é assim não..è uma dor que corta..que só Deus pode nos acalmar e nos da a felicidade novamente...
Mil beijocas para vcs...

Marsyah disse...

Lindo este post, Eri!
Gostei muito.

Bjux e muita força, pra nós duas!

Anônimo disse...

Flavinha, acho que essa música diz tudo. É difícil amiga, mas, como disse em meu post, estou conseguindo ver uma luz no fundo do túnel.
Iala e Janaína, sejam bem vindas e...força meninas. Falem aqui, no blog da Flavinha, nós não "cansamos" da dor de vocês, sabemos exatamente o que estão passando. E não fiquem magoadas com as outras pessoas, elas querem o melhor pra vocês, e não fazem a mínima idéia do que estamos passando, por mais que tentem!
Marsyah, deixei um recadinha pra você amiga.
Beijos, Beijos, Beijos...
Eri.

A vida para além de ti! disse...

Um lindo texto e como eu me vejo nele. Cuidar de nos e essencial e nal devemso jamais ceder a dor e a tristeza.
Fico feliz por estar a reconquistar a sua vida.

Luciana Baltar disse...

Realmente a dor é praticamente insustentável, mas temos que saber que nada e para sempre, a prova disso é a própria separação.
Tenham vontade, muita força, pensem positivo. Não deem chances de maus pensamentos adentrarem suas rotinas.
Tenho 27 anos, uma bagagem de vida muito sofrida, mas o término do meu casamento me marcou bastante. Tenho dois filhos lindos e abençoados de 9 e 7 anos que não sofreram nada, pois sempre fui muito didática c eles. Isso meninas lindas, vcs podem vencer esta dor sim, o mundo nos espera, temos vida e saúde e vamos sorrir para a vida. Não tenho nenhum outro parente além dois meus dois filhotes, p mim foi muito complicado, pois como sou d de casa e n tenho uma vida social tão ativa,e quase n podia trocar experiências. Dediquei- me a me cuidar, perdi 15 quilos e estou feliz comigo mesma. Todas nós podemos e temos o direito de sermos felizes, basta sorrir p a vida. Bjs no coração de cada uma de vocês!!!!