terça-feira, 8 de julho de 2008

por amor sofri algumas vezes
eu recordo a primeira ocasião
por amor roubei a primavera
com suas flores eu fiz esta canção

por amor perdemos a consciência
e deixamos, livre o coração
o amor se entrega e não se pensa
pode mais a fé, que a razão

se você vive só e abatido
deveria pensar
que passamos todos pela vida
mas a alma é imortal

só o amor é a saída
limpa constrói, concebe e procria
somente o amor cura a ferida
que alguma vez nos causou tanta dor

por amor morreu crucificada
a esperança da humanidade
o amor é a fruta sagrada
a promessa de nossa liberdade
por amor perdemos a consciência...

Essa música se chama "Só o amor" e mesmo que você não goste do Daniel (eu particularmente adoro!), preste atenção nessa letra. Só o amor limpa, contrói concebe e procria. É exatamente disso que precisamos quando perdemos um amor, de outros amores. Amor dos amigos (as), dos familiares, vizinhos e até dos desconhecidos. Procure cultivar sentimentos bons, ou pelo menos não cultivar os ruins como os de vigança. Frustração você vai sentir mesmo! Mas não deseje mal ao seu (sua) "ex". Não vale à pena. Tenho visto muitas pessoas passando por separações e muito vingativas. Isso não leva à nada. Tente captar pra você o amor que as pessoas próximas têm pra te dar. Sinta esse amor e coloque-o em seu coração para aquecê-lo quando estiver gelado pelo desejo de "vingança".
Pelo menos tente! Você verá que os resultados são surpreendentes...

Beijos carinhosos,
Eri.





2 comentários:

Marsyah disse...

Gostei muito do conselho. Vingança não leva a lugar nenhum. Fazer mal as outras pessoas não cura as nossas dores. Não mesmo!

Gosto de como vocês(?) estão administrando a situação. Vocês podem (e já estão sendo) exemplos para muitas mulheres que estão passando por uma separação.

Parabéns!

Flavinha disse...

Olha, meninas...
Apesar de ainda sofre o "pão que o coisa ruim amassou", nunca desejei o mal pra ele.
Apesar de ter horas fazer o que a tirinha do meu blog faz, dar um chute na bunda dele...rsrsrs
Bjs